segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

LISBOA DESAPARECIDA


de


MARINA TAVARES DIAS


- o livro para todos os Natais


Uma viagem no espaço e no tempo, visita guiada a uma outra cidade pelo saber rigoroso e apaixonado da olisipógrafa Marina Tavares Dias.

Lisboa Desaparecida constitui, desde 1987, o maior fenómeno contemporâneo da história da olisipografia. Com um total de mais de 100 mil exemplares vendidos, tem levado a história da cidade até públicos que, antes, nunca dela se abeiraram.

Na época do seu aparecimento, as edições dedicadas a Lisboa eram escassas e pouco rigorosas. Hoje, mercê deste sucesso, muitos títulos antigos foram reeditados e inúmeros novos estudos ocupam as estantes das livrarias.

A tudo isto não é alheio o método utilizado pela autora, que recupera o estilo de certas crónicas oitocentistas, apoiando-o na pesquisa a partir das fontes e numa recolha iconográfica apenas possível graças a anos de investigação.

Os novos horizontes abertos pela Lisboa Desaparecida têm permitido aos lisboetas um olhar mais atento sobre a sua cidade e sobre o património não-monumental cujo destino, muitas vezes, depende também de uma opinião pública bem informada.


Colecção completa à venda na loja A VIDA PORTUGUESA, no Largo do Intendente e na Rua da Anchieta.



Na imagem: o Arco de Santo André já desapareceu. Mas a sua história pode ser lida na íntegra no volume II da LISBOA DESAPARECIDA. 

Fotografia original de José Artur Leitão Bárcia. Prova do Arquivo Marina Tavares Dias.

Sem comentários:

Enviar um comentário