sábado, 30 de agosto de 2014

O Americano da Carris

Marina Tavares Dias 
em 




PHOTOGRAPHIAS DE LISBOA:



O AMERICANO,
carro. A 18 de Novembro de 1873, dizia o "Diário de Notícias" que ele era "um meio de viação seguro, cómodo e barato". Foi também o mais sério concorrente dos seus congéneres carros do Jacintho, do Salazar e do Eduardo Jorge. Antes de, em 1901, serem todos destronados pelo novo carro eléctrico. Ao fundo do Rossio, no gaveto com a Rua Augusta (números 284-286), instalar-se-ia em 1909 o Hotel Internacional [continua no livro].

Sem comentários:

Enviar um comentário